Pular para o conteúdo principal

5 Hábitos das pessoas emocionalmente inteligentes



A inteligência emocional é a mais poderosa ferramenta para o sucesso, não só na vida pessoal, mas também nos negócios. As mesmas regras para os negócios, também se aplica à vida pessoal.

Aqui estão cinco práticas que pessoas com altos quocientes emocionais usam para alcançarem o sucesso no trabalho e em suas vidas pessoais:

1.    Siga as ações, não as palavras

Quando contratar alguém, não preste muita atenção aos serviços a serem conduzidos pelos candidatos. Em vez disso, rastreei um sólido histórico: Eles cumprem prazos? Atendem pedidos? Fecham negócios? O que eles estão fazendo (não dizendo)?

No mundo dos negócios e assuntos pessoais, falar é fácil.

2.    Avalie-se

Somos todos pessoas emocionais e, por vezes, pequenas coisas podem se transformar em desnecessariamente grandes negócios. Pessoas emocionalmente inteligentes sabem como esperar antes de tomar uma atitude não pensada em um negócio colossal. Alguém o interrompeu em uma reunião? Em vez de ficar zangado com isso ou planejar uma vingança, considere que a pessoa estava distraída, possivelmente por problemas pessoais em casa. Talvez elas foram chamada a atenção por seus chefes naquele dia e compensaram com uma intervenção rude. Supere e dê-lhes o benefício da dúvida. Não é sempre sobre você.

As mesmas regras se aplicam a seus relacionamentos pessoais e de negócios. Todo mundo tem dias ruins e cada um tem suas peculiaridades.

3.     Mantenha em mente o objetivo final

Aqueles que têm sucesso na vida e negócios mantém um olho sobre a grande figura. Isso significa abrir mão de coisas mesquinhas e solavancos que se apresentam a cada dia. Quando você mantém a meta final no topo da sua mente, é mais fácil negociar com um cliente difícil, obter sucesso, fazer parcerias do tipo ganha-ganha, e concentrar sua energia no que é mais importante, não se desviar por pequenos aborrecimentos e gastar energia com pequenos problemas.

Isso vale para relacionamentos pessoais também. Se o comprometido a longo prazo com o(a) seu(sua) cônjuge é a sua prioridade, então você está menos propenso a se concentrar nos proverbiais enigmas do creme dental que perturbam tantos casais. Problemas ainda maiores, como gestão financeira, ou criar filhos são mais facilmente negociados quando ambos estão focados em colaboração ao longo da vida.

4.    Livre se das toxinas

Bons negócios se alimentam de energia boa, e as pessoas negativas podem destruir uma organização. Empresários com altos quocientes emocionais sabem que há número suficiente de pessoas positivas no mundo que não há necessidade de desperdiçar energia valiosa para gerir as tóxicas. Às vezes até mesmo de alto desempenho não são uma boa opção, se eles são manipuladoras, combativas ou uma força negativa no escritório.

O mesmo vale para a sua vida pessoal e relacionamentos de negócios. Se alguém desgasta sua energia ou o faz se sentir-se mal, tenha a força para seguir em frente. Pessoas emocionalmente inteligentes têm pouca tolerância para os outros que são insinceros (ou mentem) francamente, críticos, necessitam ou têm hábitos viciantes. Existem algumas pessoas que são melhores fora de sua vida, ou do outro lado da sala do tribunal.

5.    Fique conectado

Só porque um relacionamento termina, não significa que você tem que destruir a ponte. Mesmo que um acordo se desfaz em um comentário ácido, as pessoas emocionalmente inteligentes envidam todos os esforços para continuarem o caminho e manterem a conexão ativa e positiva. Você nunca sabe quando você pode cruzar os caminhos novamente, ou precisa daquela pessoa no futuro.

Se um relacionamento não durar a vida toda, não significa que você deve se separar como inimigos. Porque frequentemente os relacionamentos terminam devido a diferenças ou circunstâncias, não a deslizes pessoais. Quando uma ponte ainda está disponível, há muito mais oportunidades para você desfrutar de experiências mais ricas em quase todos os níveis.

REFERÊNCIAS:

Tradução e adaptação do texto original de:

SHIFFER, Eric. 5 Habits of emotionally intelligent people. Business Insider.  Disponível em http://www.businessinsider.com/habits-of-emotionally-intelligent-people-2014-4? > Acessado em 21 de Abr. de 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado Prático do 5S

Gerisval Alves Pessoa*
Daniel da Silva Jatahy**
Conceito de 5S


È um programa de educação e treinamento que busca a mudança no comportamento e nos hábitos das pessoas, de maneira simples e ao mesmo tempo revolucionária, por meio da prática de ações de melhorias contínuas no ambiente de trabalho e no gerenciamento do dia a dia das organizações.

Tem como objetivo principal preparar uma empresa, um departamento, um bairro, uma escola, uma cidade ou qualquer espaço físico para uma intervenção de melhoria no ambiente, por meio do envolvimento das pessoas e do trabalho em equipe.

Os 5S são uma derivação de cinco palavras de origem japonesa adaptadas para o português conforme descritas abaixo:


- Seiri: Senso de Utilização
- Seiton: Senso de Ordenação
- Seisou: Senso de Limpeza
- Seiketsu: Senso de Higiene, Saúde ou Bem Estar
- Shitsuke: Senso de Autodisciplina

Mas para torná-lo simples, é necessário que entendamos de forma prática o conceito de cada senso e que o torne uma ferramenta para ser utilizada …

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…