Pular para o conteúdo principal

Antes de sua próxima decisão, pergunte se é estratégica, significativa ou rápida

Quando você tem que tomar muitas decisões diariamente, é fácil tomá-las do mesmo jeito. Mas, você não deve gastar o mesmo tempo em cada decisão, se fizer isso, terá pouco tempo para algumas decisões importantes e muito tempo para as simples. Para ser mais eficiente, classifique as decisões em três categorias: estratégica, significativa e rápida.

As decisões estratégicas são muitas vezes analítica e organizacionalmente complexas e têm o potencial de impactar a direção de longo prazo de sua empresa. Elas exigem mais tempo e atenção, bem como um processo rigoroso e abrangente.

Decisões significativas requerem um sólido business case e podem aumentar o investimento considerável, mas não são criticamente importantes por conta própria. Adapte seu processo a cada um, passando mais tempo para aqueles que são mais complicadas.

As decisões rápidas não são complexas, e muitas vezes podem ser delegadas a outras pessoas. Considere estabelecer regras diretas e listas de verificação para ajudá-lo a tomar essas decisões o mais rápido possível.


Fonte: Tradução livre e adaptação do texto original Before Your Next Decision, Ask Whether It’s Strategic, Significant, or Quick. HBR – The Management Tip of the Day, August, 08, 2017

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série Ferramentas de Gestão: FTA

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…