Pular para o conteúdo principal

3 segredos para a construção de sua força mental



A maioria das pessoas sabe como construir a força física, porém, há muito mais confusão sobre os passos que você pode tomar para desenvolver a força mental.

Embora existam muitos exercícios que podem ajudar a tornar-se mentalmente forte, aqui estão os três segredos para aumentar a sua força mental:

1.    Converse consigo mesmo como fosse com um amigo de confiança.

Neurocientistas estimam que os seres humanos têm cerca de 70.000 pensamentos por dia. Isso significa que você tem 70.000 oportunidades para ser mais fortes, ou mais fraco mentalmente.

Seus pensamentos influenciam muito como você se sente e se comporta. Na verdade, o seu monólogo interior tem uma tendência a se tornar uma profecia autorrealizável. Pensando coisas como, "eu nunca vou ser contratado para esse trabalho", ou "Ninguém nunca me escuta", pode alterar o seu comportamento de uma maneira que faz com que essas previsões se tornem realidade.

Pratique substituir pensamentos excessivamente negativos por outros mais realistas. Quando você percebe-se pensando em algo como: "Eu sou um perdedor e eu nunca vou ser nada na vida", lembre-se que seus pensamentos não são necessariamente verdadeiros.

Pergunte a si mesmo: "O que eu diria a um amigo que disse isso sobre si mesmo?" Em seguida, ofereça essas palavras amáveis ​​e gentis para si mesmo.

2.    Assuma o controle de suas emoções.

Permitir que suas emoções controlem a sua vida vai esgotar a sua força mental. Embora não haja nada de errado, às vezes, em ficar de mau humor, ficar preso em um ponto negativo pode ser uma ladeira sem fim. Se você não tiver cuidado, tristeza pode levar à auto piedade, raiva pode se transformar em amargura e uma leve ansiedade pode se tornar medo paralisante.

Muitos problemas resultam de um desejo de evitar o desconforto. Por exemplo, as pessoas que temem o fracasso muitas vezes evitam novos desafios em um esforço para manter a ansiedade presa. Mas, evitar o desconforto emocional é geralmente uma solução de curto prazo, que conduz a problemas em longo prazo.

Desenvolva uma consciência de como suas emoções impactam na sua vida. Decida que você vai estar no controle de suas emoções, de modo que suas emoções não o controlará. Encare os sentimentos desconfortáveis ​​de frente e assuma o controle de sua vida. Quanto mais você praticar a tolerância ao desconforto, mais confiança você terá na sua capacidade de aceitar novos desafios.

3.    Comporte-se de forma produtiva apesar das circunstâncias.

É impossível sentir-se mentalmente forte quando você se engaja em comportamentos autodestrutivos que sabotam seus melhores esforços. No entanto, a maioria das pessoas têm alguns hábitos improdutivos que se entregam em uma base regular.

Muitos desses maus hábitos parecem menores, reclamar de seu líder, acolher-se a sua própria piedade, ou tentar agradar a todos, mas eles podem causar estragos em seu estado mental. Quando você executar esses maus hábitos, bem ao lado de seus bons, seus esforços tornar-se contraproducente.

Você só tem uma quantidade finita de tempo e energia na vida. Dedicar esses recursos para as coisas que as pessoas mentalmente fortes não fazem irá cansá-lo e retardar o seu progresso em direção a seus objetivos.

Construa a força mental

Todo mundo tem a capacidade de construir a força mental. Semelhante a construção de força física, desenvolver músculo mental exige muita dedicação e trabalho. Com a prática, você vai ganhar um aumento da capacidade de regular seus pensamentos, controlar suas emoções, e se comportar de forma produtiva apesar de suas circunstâncias.

Aprender a flexionar seu músculo mental é a chave para alcançar o seu maior potencial na vida. Por exemplo: Se seu objetivo é se tornar um atleta de elite, ser um pai mais paciente, ou um ser profissional de sucesso, a força mental irá ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

REFERÊNCIAS:

Tradução e adaptação do texto original de:

MORIN, A. 3 secrets to building your mental strength. Business Insider. Disponível em < http://www.businessinsider.com/3-secrets-to-building-your-mental-strength-2015-8? > Acessado em 13 de Ago. 2015.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado Prático do 5S

Gerisval Alves Pessoa*
Daniel da Silva Jatahy**
Conceito de 5S


È um programa de educação e treinamento que busca a mudança no comportamento e nos hábitos das pessoas, de maneira simples e ao mesmo tempo revolucionária, por meio da prática de ações de melhorias contínuas no ambiente de trabalho e no gerenciamento do dia a dia das organizações.

Tem como objetivo principal preparar uma empresa, um departamento, um bairro, uma escola, uma cidade ou qualquer espaço físico para uma intervenção de melhoria no ambiente, por meio do envolvimento das pessoas e do trabalho em equipe.

Os 5S são uma derivação de cinco palavras de origem japonesa adaptadas para o português conforme descritas abaixo:


- Seiri: Senso de Utilização
- Seiton: Senso de Ordenação
- Seisou: Senso de Limpeza
- Seiketsu: Senso de Higiene, Saúde ou Bem Estar
- Shitsuke: Senso de Autodisciplina

Mas para torná-lo simples, é necessário que entendamos de forma prática o conceito de cada senso e que o torne uma ferramenta para ser utilizada …

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…