Pular para o conteúdo principal

Saiba como dizer não ao seu chefe



Você é daquele que sempre diz "sim” no trabalho?

Sempre que o seu chefe ou um colega precisa de alguma coisa, o seu nome está na ponta de sua língua? Se você é uma pessoa solícita no trabalho quando alguém precisa de um "sim", parabéns! Você já deve ter garantido o seu lugar no escritório.

Quem quer demitir a pessoa que nunca diz não? Por outro lado, é provável que você se coloque em risco a favor de fazer o que for necessário para a sua carreira. Isso pode ser um grande erro.

Como você pode encontrar um equilíbrio entre a manutenção de seu status de indispensável no trabalho e sua sanidade? Infelizmente, não há respostas fáceis. As circunstâncias são diferentes para cada pessoa, e se você trabalha em um lugar onde você só é tão bom quanto a última coisa que fez, nem todo esse conselho pode funcionar para você. No entanto, em muitos casos, uma vez que você já criou uma reputação de ser útil e agradável, às vezes ter uma forma cuidadosa de dizer "não" não prejudicará a sua reputação, e sim, pode realmente ganhar o respeito adicional.

Veja então, como dizer não sem arriscar tudo no trabalho:

Escolha a situação com cuidado

Se todo mundo está estressado ao máximo, você está pronto para uma promoção e seu chefe chega desesperado com um pedido desesperado de ajuda, provavelmente não é o momento de decidir que você vai mudar a sua reputação de pessoa que sempre "faz tudo" no trabalho. Por outro lado, se as coisas estão um pouco mais estável, e parece que há outras pessoas que poderiam ajudar, você terá mais liberdade para falar que sua agenda já está cheia. Veja as seguintes sugestões para dizer não ao invés de sim.

Aprenda a dizer não, sem dizer "não"

Talvez o seu chefe esqueceu dos outros trabalhos importantes que você está fazendo. Em vez de dizer: "Não, eu não posso assumir mais um projeto", diga: "Eu posso ver o quão importante é esse projeto. Podemos sentar por alguns minutos para que você possa me ajudar a priorizar o meu trabalho? Eu quero ter certeza que estou me concentrando em coisas mais importantes para a empresa"

Nesta reunião, certifique-se que não esqueceu de incluir todos os projetos-chave (ou trabalho, mesmo do dia a dia) que você está gerenciando. Se você apresentar um caso concreto, indicando que realmente não tem tempo para lidar com outra coisa, é possível que possa dizer "não" sem realmente proferir essas palavras.

Apresente uma solução alternativa

Talvez você esteja ocupado demais para assumir o trabalho por si mesmo, mas pode lidar com uma parte do projeto. Se você tem uma área de especialidade (por exemplo, você é o melhor na análise de dados), sugira que você poderia controlar esta parte do projeto em parceria com alguém especialista na parte de pesquisa.

Sem dúvida, esta é uma conversa complicada, pois está tentando direcionar partes de um projeto para outras pessoas. No entanto, se você mantiver um entusiasta, com a abordagem "faz tudo" e comunicar de uma maneira que irá ressoar bem ao seu chefe, é possível que ele pense que você ainda está dizendo "sim", mesmo que você realmente esteja dizendo "não".

Recuse, mas tem uma boa razão

O que qualifica como uma "boa razão" irá variar de trabalho para trabalho. Sinto muito se você trabalha em lugar onde não há boas razões, talvez esteja no trabalho errado e é hora de procurar um novo emprego que valoriza o seu tempo fora do trabalho.

Se você já planejou assistir a um casamento de parentes ou a formatura do seu filho, e este novo projeto irá interferir em um desses compromissos, você pode optar por dizer ao seu chefe que você não pode ajudá-lo. Logicamente que você não vai iniciar a conversa com a palavra "não". Em vez disso, escolha suas palavras cuidadosamente, lembre a seu supervisor que você sempre gosta de dizer que sim, mas as circunstâncias desta vez significa que você gostaria de ajudá-lo em outra oportunidade.


REFERÊNCIAS:

Tradução e adaptação do texto original de:

SALPETER, M.  Here's how to say no to your boss. Business Insider.  Disponível em http://www.businessinsider.com/how-to-say-no-to-your-boss-2014-3? > Acessado em 03 de

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado Prático do 5S

Gerisval Alves Pessoa*
Daniel da Silva Jatahy**
Conceito de 5S


È um programa de educação e treinamento que busca a mudança no comportamento e nos hábitos das pessoas, de maneira simples e ao mesmo tempo revolucionária, por meio da prática de ações de melhorias contínuas no ambiente de trabalho e no gerenciamento do dia a dia das organizações.

Tem como objetivo principal preparar uma empresa, um departamento, um bairro, uma escola, uma cidade ou qualquer espaço físico para uma intervenção de melhoria no ambiente, por meio do envolvimento das pessoas e do trabalho em equipe.

Os 5S são uma derivação de cinco palavras de origem japonesa adaptadas para o português conforme descritas abaixo:


- Seiri: Senso de Utilização
- Seiton: Senso de Ordenação
- Seisou: Senso de Limpeza
- Seiketsu: Senso de Higiene, Saúde ou Bem Estar
- Shitsuke: Senso de Autodisciplina

Mas para torná-lo simples, é necessário que entendamos de forma prática o conceito de cada senso e que o torne uma ferramenta para ser utilizada …

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…