Pular para o conteúdo principal

Três importantes e sutis maneiras de reconhecimento do empregado



Reconhecer os empregados é importante. Mas, o reconhecimento estratégico, frequente e oportuno é mais importante ainda. O reconhecimento específico de comportamentos dos empregados e as realizações alinhadas com os valores e os objetivos estratégicos da empresa contribuem para aumentar o envolvimento, a produtividade, o desempenho e a retenção dos empregados.

A comunicação detalhada de elogios e agradecimentos é a chave para alcançar estes resultados.

Incorpore os elogios e agradecimentos na sua rotina diária

No entanto, não devemos esquecer outras três formas críticas de reconhecimento do empregado que devem ser incorporadas no dia a dia:

1. Confiança - Você confia em seus empregados? Você delegar plenamente as responsabilidades a eles, sem micro gerenciar o resultado?

2.   Apoio - Você disponibiliza aos empregados as informações necessárias para que eles desenvolvam bem o trabalho? Você se disponibiliza para falar por meio de abordagens de projeto e sobre os resultados desejados? Você, quando necessário, atua como um ponto de apoio para ajudar seus empregados a superarem obstáculos internos?

3.   Facilitação - Você se certifica que seus empregados têm as ferramentas ou informações necessárias desempenharem bem suas atividades? Você eliminar a burocracia e ajuda os empregados a vencerem a burocracia para se concentrar no trabalho?

Como tornar esses três aspectos da gestão e da função de liderança como reconhecimento do empregado? Todos estes, quando bem feito, comunica aos empregados que você reconhece suas habilidades e quer ajudá-los a obterem o sucesso.

Indo à essência

Essa é a essência do reconhecimento do empregado:

    Eu vejo o que você faz.
    Você faz isso bem.
    Encorajo-vos a fazê-lo novamente e novamente.

Na verdade, a confiança, o apoio e a facilitação do líder são elementos centrais do "engajamento exponencial" (Towers Watson), um nível mais elevado de engajamento capaz de entregar o aumento da margem operacional em dobro em comparação com as empresas com o envolvimento padrão dos empregados e três vezes a margem operacional das empresas com empregados desengajados.

Você confia, apoia e facilita o sucesso de seus empregados?

REFERÊNCIAS:      

Tradução e adaptação do texto original de:

IRVINE, Derek.  Three important (but subtle) forms of employee recognition.  TLNT. The business of HR. Disponível em< http://www.tlnt.com/2013/10/15/three-important-but-subtle-forms-of-employee-recognition/?utm_source=TLNT&utm_campaign=9a2e0206ec-tlnt-daily-bosss-day-survey-finds-how-workers&utm_medium=email&utm_term=0_087d6f0c22-9a2e0206ec-287621617 > Acessado em 15 de Out. 2013.

Comentários

  1. Toda interação com foco comportamental nas pessoas será sempre melhor que que o foco nos resultados da empresa. Primeiro a pessoa, depois os resultados vem como boa e necessária consequência. Essas, sem dúvidas, são excelentes maneiras de interação!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Série Ferramentas de Gestão: FTA

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…