Pular para o conteúdo principal

8 palavras a serem evitadas em uma venda



Ao analisaremos os processos de vendas encontramos palavras banais e ineficazes que realmente levantam polêmicas dos clientes.

Aqui estão as piores palavras transgressoras de um processo de vendas:

1.   "Emocionante"

Não há palavra mais chata do que a palavra "emocionante". Afirmar que algo é "emocionante" comunica a todos que não é. Em vez disso, encontre alguma coisa sobre sua oferta que realmente estimula o interesse do cliente.

2.   "Inovador"

Acredito que ninguém se lembra de alguma vez ter ouvido da Apple a pretensão de ser inovadora, eles apenas são. Isso é verdade para todas as empresas que realmente inovam. Para elas, é apenas comportamento diário e normal. Elas não precisam informar isso.

3.   "Desconto"

Vamos deixar esse velho e cansado termo de volta ao mundo onde "mas, espere! Tem mais!" seja o estado da arte do discurso de vendas. Olhe, o seu material tem um preço e, talvez, você tenha alguma flexibilidade. Mas oferecer um "desconto"? Já é demais.

4.   "Garantia"

Todo mundo que tem um pouco de bom senso sabe que a "garantia" não significa absolutamente nada. "Garantia" é apenas a palavra que as pessoas usam quando têm medo de informar que ela é prevista em lei.

5.   "Honestamente"

Quando esta palavra que sai da boca de um vendedor, faz com tudo o que ele disse até agora pareça que estava provavelmente mentindo. A mesma coisa vale para começar uma frase com "Para dizer a verdade,..." Diga o que? Você esteve mentido até agora?

6.   "Colaboração"

Como é que esta palavra horrível entra no vocabulário de negócios, afinal? Sim, você tem que trabalhar em conjunto com pessoas para fazer outras coisas, mas a "colaborar"? Ei, isso é o que a França de Vichy fez com os nazistas.

7.   "Oportunidade"

Este é o caso clássico de uma palavra que soa positivo, mas carrega uma enorme carga de "é tudo comigo". Chamar qualquer situação de vendas uma "oportunidade" é dizer ao cliente que você tem tudo para fechar o negócio. Assim como qualquer outro oportunista.

8.   "Comissão"

Em qualquer planeta a comissão se faz com um atendimento ao cliente ou você faz seus próprios números? Vender tem tudo a ver com ajudar o cliente a tomar a melhor decisão ... Para o cliente. Quando você está vendendo, a sua comissão deve ser a coisa mais distante de sua mente.


REFERÊNCIAS: 

Tradução e adaptação do texto original de:

 

JAMES. Geoffrey.  8 Words to avoid when selling.  Inc. Magazine. Disponível em< http://www.inc.com/geoffrey-james/8-words-to-avoid-when-selling.html > Acessado em 29 de Jun. 2013.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série Ferramentas de Gestão: FTA

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…