Pular para o conteúdo principal

Preste atenção à sua linguagem não-verbal ao dar feedback

A maioria dos conselhos sobre como dar feedback se concentra no que dizer, mas nossa comunicação não-verbal é tão importante quanto as palavras que usamos. Se você transmitir desconforto ou agressão com a sua linguagem corporal, poderia fazer o destinatário se sentir inseguro e, portanto, impedi-lo de ouvir ou agir sobre as informações de seu feedback. Então faça o possível para ter um tom positivo, aberto e de apoio. Faça e mantenha contato visual para criar uma sensação de conexão. Não cruze os braços. Sorria adequadamente para projetar entusiasmo e boa vontade. Acene com a cabeça para mostrar que você está ouvindo e responda com afirmações como "hum" e "sim". Certifique-se que sua postura não comunica domínio, especialmente se você tem posição hierárquica superior à pessoa que está recebendo feedback. O mais importante, não faça nada disto se você não quer dizer isso. Se sua linguagem corporal não é autêntica, seus esforços falharão.


Fonte: Tradução livre e adaptação do texto original Pay attention to your body language when giving feedback. HBR – The Management Tip of the Day, April, 24, 2017

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série Ferramentas de Gestão: FTA

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…