Pular para o conteúdo principal

3 maneiras de destruir sua reputação profissional



No mundo dos negócios, é fácil perdoar um descuido. Todos nós cometemos erros, e poucos de nós possuímos uma capacidade perfeita para completar todos os projetos no prazo e dentro do orçamento.

Você pode ouvir algumas queixas em uma reunião sobre uma apresentação que fez no mês passado, aquele em que você tinha alguns números desatualizados, mas a maioria de seus colegas de trabalho vai esquecer tudo sobre isto.

Mas, e se você realmente estragar tudo? Em alguns casos, você pode criar uma reputação para si mesmo que promove uma vibração negativa no trabalho, ou mesmo, ganhar um bilhete azul. Pode ser difícil de recuperar isso. Aqui estão as receitas para um desastre total, uma maneira de criar uma reputação duradoura. Evite-os se puder.

1.    Levar o crédito pelo o trabalho de outra pessoa

Nada lhe dá a marca de um mau caráter como tomar crédito por algo que você não merece. Pessoas são demitidas por situações menores. A melhor maneira de evitar a reputação de um “ladrão de crédito” é analisar cuidadosamente o sucesso. Qual o papel que você realmente desempenhou no projeto? Você deve levar o crédito somente para a etapa de planejamento? É o suficiente para deixar todo mundo no trabalho saber que você está feliz com o resultado geral? Aqui está o segredo: Não se preocupe em ter o crédito em primeiro lugar. Quando você faz um grande trabalho, obtém um grande resultado, ou uma grande venda, deixe que o trabalho fale por si.

2.    Esconder um erro

Já vi um caso de uma pessoa que foi demitida por causa de não relatar um erro. Foi em uma pequena empresa que a pessoa cometeu um grande erro em um pedido do cliente, em seguida, tentou escondê-lo, eliminando alguns e-mails, mentindo para todos no escritório e escondeu alguns papéis em uma gaveta. O que essa pessoa não percebeu é que a verdade sempre aparece. Quanto mais você faz para esconder um erro, mais você vai ser desprezado. A alternativa? Relate-o imediatamente. Quanto mais cedo você relatar sobre o erro, como a perda de um contrato assinado, ou um acidente ocorrido, você terá mais tempo para lidar com o problema e tomar ações corretivas. Deixar um erro escondido é como desencadear uma bomba-relógio. Quando as pessoas descobrirem, sua reputação sofrerá.

3.    Deixar suas tarefas saírem do controle

Ter um dia ruim é uma coisa. Talvez seja um relatório de despesas que você precisa preencher ou um resumo da última demonstração de vendas que deveria enviar para a equipe. Tudo bem. Em um ambiente de trabalho, ninguém realmente espera que você seja perfeito e complete todas as tarefas em dia. O problema começa quando você ganha uma reputação de não concluir as tarefas, fazendo com que todos que dependem das suas atividades fiquem mal com isso. Desacelerar um projeto é um problema para o projeto específico e sua reputação provavelmente vai se recuperar; não realização de tarefas em qualquer projeto vai fazer parecer que você não pode fazer nada. Qual a solução definitiva? Se você não realizar algumas tarefas, faça um trabalho extra para compensar no próximo projeto. Você vai se surpreender como perdoar as pessoas podem perdoá-lo se você começar a acabar o seu trabalho mais cedo.


REFERÊNCIAS: 

BRANDON, John. 3 Ways to destroy your professional reputation.  Business Insider. Disponível em< http://www.businessinsider.com/ways-to-destroy-your-reputation-at-work-2014-7> Acessado em 31 de Jul. 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Significado Prático do 5S

Gerisval Alves Pessoa*
Daniel da Silva Jatahy**
Conceito de 5S


È um programa de educação e treinamento que busca a mudança no comportamento e nos hábitos das pessoas, de maneira simples e ao mesmo tempo revolucionária, por meio da prática de ações de melhorias contínuas no ambiente de trabalho e no gerenciamento do dia a dia das organizações.

Tem como objetivo principal preparar uma empresa, um departamento, um bairro, uma escola, uma cidade ou qualquer espaço físico para uma intervenção de melhoria no ambiente, por meio do envolvimento das pessoas e do trabalho em equipe.

Os 5S são uma derivação de cinco palavras de origem japonesa adaptadas para o português conforme descritas abaixo:


- Seiri: Senso de Utilização
- Seiton: Senso de Ordenação
- Seisou: Senso de Limpeza
- Seiketsu: Senso de Higiene, Saúde ou Bem Estar
- Shitsuke: Senso de Autodisciplina

Mas para torná-lo simples, é necessário que entendamos de forma prática o conceito de cada senso e que o torne uma ferramenta para ser utilizada …

Série Ferramentas de Gestão: Diagrama do Processo Decisório

Diagrama do Processo Decisório ou PDPC (Process Decision Program Chart)

O Diagrama PDPC procura não apenas antecipar possíveis desvios de rota, mas também desenvolver medidas alternativas que previnam a ocorrência de desvios e atuem satisfatoriamente caso ocorram desvios de rota
O PDPC procura também, desenvolver planos de contingências / planos alternativo para lidar com as incertezas.
Deve-se usá-lo quando:
1.A tarefa é nova ou única; 2.O plano de implementação é complexo e difícil execução; 3.A eficiência de implementação é crítica. 4.Projeto de instalação de uma nova máquina ou intervenção de manutenção 5.Desenvolvimento e introdução de novos produtos
O PDPC pode também, ser usado para mostrar a cadeia de eventos que levam a um resultado indesejável.
Roteiro para Construção:
O Diagrama do Processo Decisório (DPD) é construído nas seguintes etapas:
• Fluxo básico • Macro-DPD • Micro-DPD

Roteiro Básico:
1.Definir os pontos de partida e de chegada 2.Traçar um plano otimista  3.Pensar sobre fatos qu…

Série Ferramentas de Gestão: FMEA

FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) - Análise dos Modos e Efeitos das Falhas
FMEA é uma ferramenta básica aplicada à confiabilidade que tem sua principal aplicação para a:
-Melhoria de um produto ou processo já em operação. A partir da identificação das causas das falhas ocorridas e seu posterior bloqueio. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos já em operação. -Detecção e bloqueio das causas de falhas potenciais (antes que aconteçam) em produtos ou processos, ainda na fase de projeto.
A ferramenta FMEA (Análise dos Modos e Efeitos das Falhas) é um método de análise de projetos (de produtos ou processos, industriais e/ou administrativos) usado para identificar todos os possíveis modos potenciais de falha e determinar o efeito de cada uma sobre o desempenho do sistema (produto ou processo), mediante um raciocínio basicamente dedutivo. É um método analítico padronizado para detectar e eliminar problemas potenciais de forma siste…